Livro de receitas gastronómicas e não só!

Os livros de receitas de cozinha são hoje comuns.

Os autores e as editoras esmeram-se no conteúdo como no aspeto gráfico, para mais facilmente conquistar o comprador e disponibilizar ajudas para quem se dedica à cozinha ou quer melhorar e variar as suas prestações.

Também cada qual procura ter o seu próprio livrinho onde regista os pequenos/grandes segredos da culinária, as dicas para uma doçaria requintada, capaz de fazer inveja em dias assinalados de reunião de famílias ou de amigos.

Vem de longe esta forma de guardar estas preciosidades, designadamente, os procedimentos de gerações, que era obrigatório guardar para as filhas e para as netas.

Dificuldade era a capacidade de as escrever, pois, ao tempo, o analfabetismo, em Portugal, vivia em plena liberdade, mesmo nas classes mais privilegiadas, sobretudo, nos elementos do sexo feminino.



O livrinho de receitas que hoje aqui trazemos, vem do século XIX, mais concretamente, de 1833 e foi escrito com caneta “de molhar” e aparo de aço na caligrafia rigorosa defendida e praticada na época, em função dos critérios pedagógicos da aprendizagem das primeiras letras: método sintético, com exercícios treinados até à exaustão, determinando, deste modo uma escrita semelhante para todos os escreventes que não respeitava a psicologia individual, mas respondia às exigências dos conceitos da escrita: legibilidade, elegância e clareza.

Para além das receitas da cozinha, o livrinho regista também uma grande quantidade de sugestões para acudir às maleitas do corpo, já que os médicos, poucos e muitas vezes distantes, eram frequentemente substituídos por procedimentos da tradição: chás, mezinhas, rezas e benzeduras.

Fonte: Museu de Silgueiros (texto editado)   

Sugestões:

Mensagens populares deste blogue

Festas e Romarias Populares em Portugal - Norte (Trás-os-Montes e Alto Douro)

Festas e Romarias Populares em Portugal - Norte (Minho)

Provérbios e adágios populares sobre o mês de Fevereiro

Distrito de Vila Real: Gastronomia

Danças populares portuguesas tradicionais

Desfolhada à Moda Antiga

Provérbios e adágios populares relativos ao mês de Abril

Arte Xávega é recriada pelo Município da Nazaré

Provérbios e adágios populares sobre o mês de Março

Distrito de Vila Real: Artesanato