Mensagens

Danças do Povo Português, por Tomaz Ribas

Imagem
  Danças do Povo Português (…) Todo o homem, seja qual for a sua nacionalidade, deve ter orgulho daquilo que é próprio e típico da sua raça e de sua Nação, pois que só isso caracteriza uma e outra. Se a vida moderna, que cada vez mais exige os padrões da vida citadina, não nos permite continuar a usar diariamente os trajos regionais , e se o progresso da técnica nos tem tornado a existência mais suave e cómoda, levando-nos a abandonar determinados objectos de uso diário e, portanto, determinados costumes regionais, nem por isso deveremos deixar de conhecer, amar e cultivar algumas expressões que são típicas do povo a que pertencemos tais como - a música, - a dança, - a poesia, - as artes manuais, - as lendas , - a culinária, - etc. E se queremos que os outros povos nos prezem e nos amem, um dos caminhos que para tal possuímos é darmo-nos a conhecer através daquilo que é a nossa maneira de ser. Tal como a música, a poesia e o artesanato populares, as danças são um

Artigos de opinião sobre diversos assuntos

Imagem
Península de Setúbal: o tesouro perdido Entre a margem esquerda do rio Tejo e o estuário do rio Sado situa-se uma extensa península que é vulgarmente designada por Península de Setúbal.  De acordo com os vestígios paleontológicos e evidências geológicas, há alguns milhões de anos, as águas do rio Tejo atravessavam aqueles campos para irem desaguar provavelmente na Lagoa de Albufeira... Ler+ Do Mocambo à Madragoa: a Lisboa de outras eras... Desde há muito mencionada como “terra de muitas e variadas gentes”, Lisboa constituiu desde sempre um mosaico de culturas e tradições, sendo provavelmente a primeira cidade cosmopolita da Europa.  Na sequência das viagens dos Descobrimentos, numerosos negros foram trazidos para Portugal, muitos dos quais para servir como criados nas casas fidalgas da capital.  Ler+ A pesca da sardinha na costa portuguesa “ No S. João, a sardinha pinga no pão ” – diz o povo imbuído na sua sabedoria empírica.  Com efeito, é por esta altura que a sardinha é mais go

Novo blogue - "Etnografia em imagens"

Imagem
Etnografia em imagens A Equipa do Portal do Folclore Português criou um espaço na internet - A Etnografia em Imagens -, através do qual pretende preservar e divulgar imagens:  - fotos,  - postais,  - desenhos,  - pinturas,  - aguarelas,  - etc.  sobre aspectos diversificados do Folclore, da Etnografia e da Cultura Popular Portuguesa , sem esquecer as Terras e as Gentes de Portugal , este pequeno mas belo “ jardim à beira mar plantado ”. As primeiras imagens que vão ser colocadas foram gentilmente disponibilizadas pelo Dr. Carlos Gomes, principal mentor da criação de um espaço na internet onde todos os interessados possam encontrar elementos visuais relacionados, directa ou indirectamente, com o Folclore, a Etnografia e a Cultura Popular Portuguesa.~ Mais uma vez, os nosso agradecimentos ao Dr. Carlos Gomes. Todos(as) os(as) interessados em colaborar com esta iniciativa, podem enviar, por email , fotos, postais, etc. para serem disponibilizados neste blog, desde que se enquadram n

Ranchos Folclóricos com autenticidade

Imagem
Observâncias fundamentais para um Rancho Folclórico que se propõe representar a sua região com base nos usos e costumes do princípio do século 20 , elaboradas por Augusto Gomes dos Santos , ex-Presidente da Federação do Folclore Português. Ler aqui .

Usos, Costumes e Tradições na Quaresma

Imagem
" Os quarenta dias de preparação para a Páscoa eram um período de penitência, jejum e oração e, sob o ponto de vista alimentar, um período magro. A Quarentena abria com a Quarta-feira de Cinzas .  Após um dia de folia, importava chamar o crente à realidade, mesmo que, para isso, fosse necessário lembrar-lhe, simbólica mas cruamente, que ele era um ser mortal."   Ler+ Agora que entramos na Quaresma , quais os usos, costumes e tradições que ainda perduram no tempo e na memória das pessoas? Quais os que ainda se praticam, no respeito pela cultura e pela religiosidade popular? Sugestões de leitura: Romeiros de S. Miguel – Açores | Tradições na Quaresma O Jogo da Reza – Tradições da Quaresma A Quaresma, antigamente, em Loriga – Seia A Amenta das Almas na Quaresma, em Loriga – Seia A Serração da Velha em Montargil, antigamente!

Festas de S. Brás - "Vila Velha" - Vila Real

Imagem
Nos dias 2 e 3 de Fevereiro de cada ano, celebra-se a Festa em honra de S. Brás,  sua capelinha da "Vila Velha", em Vila Real , cumprindo-se ou fazendo-se novas promessas de tagarelas afónicas, gargantas desafinadas, rouquidões tísicas, nós que não desatam, bocas abertas de espanto ou outros engaranhos orais. Com os tempos vieram outras andanças e modas, e outros modos de celebrar, cumprir a prometer. Todos lá vão, estudantes, doutores ou iletrados, e fazem a volta ao cemitério, às arrecuas, sem abrir a boca para não entrar enguiço. Depois, é a festa, os foguetes e os sinos com a música a acompanhar e as quadras que ninguém esquece e trauteia ao compasso do badalo da torre da Igreja de S. Dinis : Eu vou ao S. Brás de cú para trás comprar uma gancha p'ró meu rapaz Eu vou ao S. Brás de cú para a frente comprar uma gancha p'rá minha gente Eu vou ao S. Brás de cú para o lado comprar uma gancha p'ró meu namorado Saber mais sobre esta festa e tradiç

Grupos de Folclore de outros tempos

Imagem
O Portal do Folclore Português pretende criar e disponibilizar online um arquivo com foto e um breve historial de Grupos de Folclore que existiram há já alguns anos e que já não estão em actividade.  Quem quiser colaborar, pode enviar-nos os elementos via email. Para já, disponibilizamos informações sobre Grupos de Vila Real : Ceifeiras de S. Dinis |  Princezas do Corgo |  Aguadeiras Transmontanas

Festas em honra de S. Sebastião

Imagem
São Sebastião “ Protector contra a peste ” e “ Padroeiro dos arcabuzeiros e dos soldados, dos entalhadores de pedra, dos mestres de tapeçaria, dos jardineiros e dos bombeiros ”. A Igreja Católica celebra a memória litúrgica de São Sebastião no dia 20 de Janeiro . Sobre este mártir, pouco mais se sabe do que o seu suplício, quando o amarraram a um poste e crivado de flechas, cerca de 302-304, e do que o seu enterro nas catacumbas da Via Ápia. Ler+ De Norte a Sul do Pais, no dia 20 de Janeiro, há muitas festas em honra do Mártir S. Sebastião . No entanto, sugerimos as seguintes: - Diversas localidades do concelho de Boticas - Vila Real Alturas do Barroso Cerdedo Vila Grande - Festa da Fogaceiras - Sta Maria da Feira Divirtam-se!

Meses do ano: FEVEREIRO

Imagem
Mês de Fevereiro O nome deste mês provém do latim Februarius que deriva, por sua vez, das festas que os romanos celebravam em honra de Juno ou Februa , deusa das purificações. Durante essas festas era costume imolarem-se animais em sacrifícios expiatórios. Era também neste mês que os romanos homenageavam Pan, o protector dos campos, dos rebanhos em geral e sobretudo dos pastores , bem como outros deuses - como era o caso de Termino ou Termo, divindade tutelar dos marcos e balizas dos campos.   Ler+ Conheça algumas  datas comemorativas  e efemérides   que se celebram  durante este mês,  assim como quais os Feriados Municipais que se realizam em Fevereiro .

Meses do ano: JANEIRO

Imagem
Janeiro O nome deste mês provém de Janus , deus romano que foi dotado por Saturno com a graça de conhecer, no passado e no presente, tudo o que quisesse. Este deus que presidia ao tempo, à paz e à guerra, era representado por uma cara com duas faces: uma virada para o passado outra para o futuro.  Ler+ Conheça algumas  datas comemorativas   e efemérides realizadas durante este mês,  assim como quais os Feriados Municipais que se realizam em Janeiro.