“O rio Douro é sempre formoso…”

Num ancoradouro, perto de Régua. Um outro pitoresco efeito de luz.


“O rio Douro é sempre formoso e as suas margens oferecem a cada momento novos e encantadores aspetos.

Na sua própria sinuosidade, serpenteando com galhardia entre montanhas colossais que se perdem no horizonte e entre planícies onde os frutos abundam, ele torna-se majestoso aos olhos que nunca se fartam de admirá-lo.

A Ilustração Portuguesa tem dado já inúmeros trechos desse pitoresco rio e todos eles, por mais que os fotógrafos artistas ou amadores se esforcem reproduzindo-os, oferecem sempre novos motivos, deixando-nos suspensos na admiração de tanta beleza, de que a região é abundantíssima e de que justamente pode ufanar-se.

Hoje publicamos mais alguns aspetos que os nossos leitores e gentis leitoras muito apreciarão, ficando certamente com grande vontade de percorrerem a linda província, que produz o generoso vinho que tanta fama goza em todo o mundo.

Um encantador efeito de luz nas margens do Douro.


No Rio Douro - À hora do pôr-do-sol.

in "Ilustração Portuguesa", nº667 – 1918 (texto editado e adaptado) | Clichés do apreciado amador sr. António Teixeira, da Régua, distinto colaborador artístico da Ilustração Portuguesa

Sugestões:

Mensagens populares deste blogue

Festas e Romarias Populares em Portugal - Norte (Trás-os-Montes e Alto Douro)

Festas e Romarias Populares em Portugal - Norte (Minho)

Distrito de Vila Real: Gastronomia

Provérbios e adágios populares sobre o mês de Fevereiro

Danças populares portuguesas tradicionais

Desfolhada à Moda Antiga

Provérbios e adágios populares relativos ao mês de Abril

Arte Xávega é recriada pelo Município da Nazaré

Distrito de Vila Real: Artesanato

Mês de Junho - Mês dos Santos Populares