Portal do Folclore - 10 anos ao serviço da Cultura Tradicional Portuguesa


"Passam precisamente dez anos desde que o “Folclore de Portugal – O Portal do Folclore Português” iniciou a sua actividade. Este Portal encontra-se on-line desde 1 de Novembro de 2000, constituindo já um caso de longevidade inclusive no domínio virtual. Este constitui um projecto único e inovador, sem paralelo nomeadamente a nível internacional, atendendo ao seu carácter multifacetado.

Não se trata de um mero site onde são adicionados links para diferentes grupos folclóricos nem tão pouco restringe a estes a sua intervenção. O Portal do Folclore constitui um projecto cultural abrangente de todos os domínios da nossa cultura tradicional e popular, desde os campos da museologia à representação etnográfica, da recolha de imagens à inventariação do nosso património imaterial, incluindo as lendas e tradições, a gastronomia, o cancioneiro, a medicina popular e numerosos outros aspectos de que trata a etnografia portuguesa.

Desde logo, o Portal do Folclore começou por ser um elo de ligação entre todos os folcloristas e grupos de folclore espalhados pelo país e pelo mundo, ligando as comunidades portuguesas e contribuindo para o estabelecimento de permutas e de entreajuda, esbatendo eventuais diferenças resultantes de estatutos de ordem associativa e contribuindo, desse modo, para criar condições com vista à sua própria melhoria. Mais ainda, tornou-se um meio de comunicação facilitada com agrupamentos e organizações de outros países através das ligações que para esse efeito disponibiliza. A sua utilidade apenas depende da utilização que os próprios grupos dele fizerem, contribuindo nomeadamente para a sua dinamização.

O aparecimento do Portal do Folclore, inicialmente complementado com a publicação no jornal “Folclore”, durante quatro anos consecutivos, da secção “O Folclore na Internet”, representou também um estímulo para a utilização das novas tecnologias por parte dos grupos folclóricos, tirando delas o melhor partido com vista à sua própria divulgação. Decorridos dez anos desde o seu aparecimento, consideramos no essencial positivo o balanço que fazemos da adesão do folclore português à Internet. Porém, ela revela-se ainda insuficiente, sobretudo se atendermos ao elevado número de agrupamentos que ainda não dispõe sequer de um site ou um blog, à deficiente actualização dos que já existem e, sobretudo, à dificuldade que revelam em superar novas etapas na sua divulgação. Recordo, a título de exemplo, a possibilidade levantada há dez anos no sentido da realização de um festival de folclore on-line no qual participassem agrupamentos portugueses espalhados por todo o mundo.

Por outro lado, pese embora os meios existentes, não existe por vezes da parte de alguns grupos folclóricos o cuidado que é devido com a preservação da sua própria imagem, submetendo-se a toda a espécie de divulgação sem atender os efeitos perversos que resultam de uma deficiente transmissão do som e da imagem, nomeadamente a sua repetição até à exaustão, fenómeno que pode inclusive resultar na própria destruição daquilo que se procura promover.

Ao longo de dez anos de actividade, o Portal do Folclore tem constituído uma ferramenta credível e o único meio de ligação entre todos os folcloristas e grupos de folclore portugueses espalhados por todo o mundo, sem qualquer espécie de distinção, procurando sempre contribuir para a sua melhoria e jamais para a sua exclusão. A própria opinião que tem no Portal do Folclore um espaço aberto traduz-se frequentemente numa crítica que se pretende positiva, na certeza de que o elogio gratuito em nada contribui para a melhoria da representação do folclore nem tão pouco reflecte a consideração que os grupos nos merecem.

Ao cabo de dez anos, todos quantos ao folclore e à etnografia do povo português dedicam a sua actividade devem congratular-se pela existência do Portal do Folclore e pelo serviço que presta à cultura tradicional portuguesa. É tempo de festejar mas também de reflectir acerca do futuro e da forma como este projecto merece ser acarinhado e ajudado para que melhor possa cumprir a sua missão.

À Equipa do Portal do Folclore Português endereço as minhas felicitações!"

Carlos Gomes(*)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...