A Lampreia do Rio MInho está à sua espera em Valença


Em Valença vai ser possível, durante os fins-de-semana de fevereiro e março, saborear as múltiplas formas de confecionar e apresentar o prato rei desta temporada, a Lampreia do Rio Minho (considerada a melhor do mundo), numa aposta forte de 23 unidades de restauração locais.

Pescada artesanalmente, sobretudo nas comunidades de pescadores de São Pedro da Torre e Cristelo Côvo, nas redadas, é confecionada nas unidades de restauração locais que apuram segredos seculares da arte de a confecionar e apresentar.

Esta é, também, uma oportunidade, para (re)descobrir os encantos de Valença, numa época repleta de animação cultural e recreativa.

Para Jorge Salgueiro Mendes, Presidente da Câmara Municipal, “Valença é um destino gastronómico de eleição para quem gosta de comer bem e aprecia os sabores genuínos!”

Ponto alto na animação, destes dois meses, serão os “Sabores da Lampreia”, a maior mostra gastronómica da região, que decorrerá entre 20 e 22 de março, na comunidade piscatória valenciana de São Pedro da Torre.

Os amantes da boa lampreia terão agora mais um forte motivo para visitar Valença.

75º Aniversário do Grupo Folclórico de Santa Marta de Portuzelo


Programa Comemorativo na cidade de Viana do Castelo

Sábado, 17 de Janeiro de 2015
Apresentação do Cartaz e Programa do Comemorações do 75º Aniversário para o Ano de 2015, no Museu do Traje.

Sábado, 21 de Fevereiro de 2015
Tertúlia: "Autenticidade no Trajar - Património a Defender” na Sede do Grupo Folclórico de Santa Marta de Portuzelo.

20 a 22 de Março de 2015
Exposição: "75 Anos de História" - Fotografia e Vídeo na Sede da Associação Cultural e Desportiva de Santa Marta de Portuzelo (Casa do Povo).

Abril de 2015
Mês Solidário: visita e apresentação em várias Instituições de âmbito Social do Concelho.

75º Aniversário do Grupo Folclórico de Santa Marta de Portuzelo:

Sábado, 30 de Maio de 2015

- Exposição dos Cartazes elaborados pelos Alunos das Escolas de Santa Marta de Portuzelo e Monserrate no âmbito do Concurso realizado na Antiga Escola Primária.

- Missa Campal no Centro Paroquial de Santa Marta de Portuzelo.

- Romagem ao Cemitério e Inauguração do "Monumento Memorial ao Componente Falecido".

- Festival Comemorativo dos 75 Anos no Souto de Santa Marta de Portuzelo.

Sábado, 20 de Junho de 2015
CicloPaper: Atividade a ser realizada por toda a Freguesia de Santa Marta de Portuzelo.

18 a 20 de Julho de 2015
Grupo Folclórico de Santa Marta de Portuzelo na participação 34ª Feira do Livro de Viana do Castelo.

6 a 9 de Agosto de 2015
Romaria de Santa Marta de Portuzelo 2015:

- Exposição integrada na Romaria "O Trajar da Nossa Terra" no Centro Paroquial de Santa Marta de Portuzelo.

- 59º Festival Internacional de Folclore 2015 no Campo de Jogos do Centro Paroquial de Santa Marta de Portuzelo.

Sábado, 5 de Setembro de 2015
Tertúlia: "O Folclore: Passado, Presente e Futuro" no Auditório da Biblioteca Municipal de Viana do Castelo.

Sábado, 3 de Outubro de 2015
" Desfolhada ao vivo " no Largo de São Domingos na cidade de Viana do Castelo.

Sábado, 21 de Novembro de 2015
Espetáculo Etnográfico no Teatro Municipal Sá de Miranda na cidade de Viana do Castelo.

Dezembro de 2015
Encerramento das Comemorações dos 75 Anos.

33º Concurso de Vinhos do Município de Azambuja


Neste ano de 2015, a Câmara Municipal de Azambuja vai organizar a 33ª edição do Concurso de Vinhos concelhio, o que o torna um dos mais antigos concursos de vinho do produtor da região.

O concurso será realizado nos moldes tradicionais de “prova cega” e o júri convidado será composto por 5 técnicos especializados na área. Além do Engº Cruz Ferreira, que colabora no concurso desde o primeiro ano, haverá enólogos em representação da Comissão Vitivinícola Regional – Tejo, da Associação de Municípios Portugueses do Vinho, da Associação Portuguesa de Enologia e da Associação de Escanções de Portugal.

Com o objetivo de, por um lado incentivar todos os produtores a participar, e por outro recompensar o esforço e o saber dos melhores, a autarquia decidiu contemplar os melhores brancos e tintos da colheita 2014 com prémios monetários, além dos habituais troféus comemorativos do evento. Assim, o 1º, o 2º e o 3º classificados – quer  em brancos quer em tintos – receberão, respetivamente, 750€; 500€ e 250€.

A iniciativa da Câmara Municipal de Azambuja tem o apoio das Juntas de Freguesia, onde os interessados deverão fazer a sua inscrição até dia 13 de fevereiro.

Os resultados serão divulgados no decurso da “Avinho – Festa do Vinho e das Adegas”, de 10 a 12 de abril, em Aveiras de Cima.

Para mais informações: www.cm-azambuja.pt  ou  comunicacao@cm-azambuja.pt  

Bordados estão na Moda, em Valença


Até ao próximo dia 14 de Março, e no âmbito da Fortaleza dos Namorados, Valença vai mostrar os bordados tradicionais aplicados à moda contemporânea, numa exposição que se vai realizar no Núcleo Museológico Municipal. No âmbito desta exposição decorrerá, também, o workshop “Bordados Tradicionais”, 14 de fevereiro, às 14h00, na Fortaleza. Uma oportunidade para aprofundar os conhecimentos sobre os bordados tradicionais de Valença.
Esta é uma iniciativa da Câmara Municipal de Valença que conta com a participação da Aliança Artesanal de Vila Verde, Centro de Artes e Mesteres Tradicionais de Guimarães, Museu do Traje de Viana, Museu de Bilros de Vila do Conde e peças das coleções particulares de Alíria Riba Nobre e Purificación Mozo.
Vestidos de Noiva, de Festa e de Noite, fatos, blusas, t-shirt's, toalhas e lenços, todos com o toque do bordado, onde a moda contemporânea brilha com a recuperação da aplicação dos motivos tradicionais do bordado. Peças do estilista João Rolo entre outros estilistas portugueses e galegos destacam-se nesta mostra. À temática dos bordados dos lenços dos namorados, com os tradicionais motivos florais e rimas, associam-se também, nesta exposição, os emblemáticos bordados de bilros da Galiza e do norte de Portugal.
 

Folcloristas do Algarve vão ser homenageados


Ao longo de muitas décadas, os Grupos de Folclore do Algarve foram, e continuam a ser, um elemento fundamental para a animação turística das nossas terras que, principalmente no Verão, acolhem milhares de turistas nacionais e estrangeiros. São também fundamentais para a preservação da identidade cultural algarvia que se tenta manter, e tem vindo sempre a ganhar o carinho e admiração pelos demais seguidores.

O Folclore é, sem dúvida, para os algarvios um dos mais importantes ícones da Cultura Tradicional regional e local, e que tem levado e afirmado o Algarve eternamente azul, pelos quatro cantos do mundo, pelos pés dos balhadores dos grupos folclóricos desta região assim como dos nossos reconhecidos brilhantes tocadores e cantadores.

Mas este Algarve não vive só do turismo. Tem gente. Gente que marca a diferença. Gente que vive no barrocal e litoral. Gente que nasceu aqui, que aqui vive e que das tradições populares do povo nunca se desprendeu e as utiliza para afirmar a sua terra... O seu Algarve "onde um Manel e uma Maria, giram num torvelinho, eternamente a rodar ao som de um corridinho".

É esta que, ao longo dos tempos, tudo fez para que a tradição algarvia não se perdesse, graças aos grupos de Folclore do Algarve, sustentou,  formou e informou milhares de homens e mulheres sobre o que era ser algarvio, que a Federação do Folclore Português quer homenagear.

Assim sendo, no dia 8 de Fevereiro de 2015, pelas 16 h no Auditório de Lagoa, decorrerá um Espetáculo Evocativo ao Folclore Algarvio, onde serão homenageados algumas das figuras do Algarve que mais contribuíram para aquilo que o Folclore é e representa hoje na região, no pais e no mundo.

“Memórias Algarvias - Tributo a Folcloristas Algarvios”, é o mote para uma tarde agradável de cultura algarvia que estará a cargo de grupos de referência do Algarve, garantindo desde já o sucesso do evento: Rancho Folclórico da Luz - Tavira, Grupo Folclórico da Casa do Povo de Alte, Rancho Folclórico de Moncarapacho,  Grupo Folclórico de Faro, Rancho Folclórico de S. Bartolomeu de Messines e Rancho Folclórico do Calvário.

A Federação do Folclore Português e o Conselho Técnico Regional do Algarve, enquanto organizadores do evento, apelam à participação da população e a todos quantos foram passando pelos diversos grupos do Algarve, ao longo dos tempos.

É o momento para assistir a este memorável espetáculo de afirmação da Identidade Algarvia e reconhecimento público a quem liderou e/ou lideram estes projetos.

A Federação do Folclore Português e o CTR/Algarve.

Andorra "abre a porta" a uma década de Janeiras



Uma década a cantar as Janeiras é a iniciativa cultural que o Grupo de Folclore Casa de Portugal vai promover nas próximas semanas, e que durante três semanas vai percorrer vários estabelecimentos comerciais, Igrejas, instituições de solidariedade e domicílios particulares do Principado de Andorra.
 
A partir do dia 10 de Janeiro, os elementos do Grupo, desafiando as baixas temperaturas invernais, vão visitar ao fim-de-semana, mais de 30 espaços para aproximar a tradição das Janeiras junto da sociedade andorrana.
 
As Janeiras do Grupo de Folclore Casa de Portugal têm “viajado” também até Espanha e no dia 25 serão recebidas pelo Arcebispo Joan Enric Vives i Cecília, Copríncipe de Andorra, na Catedral da Seu d’Urgell onde, além de cantarem a Missa Dominical, apresentam o reportório das Janeiras.
 

Esta tradição portuguesa teve início em Andorra no ano 2006, integrando um conjunto de iniciativas culturais do Grupo, aquando da celebração do décimo aniversário.
 
Este ano, as Janeiras assumem especial relevo já que, pelo décimo ano consecutivo, os elementos do Grupo reúnem esforços para manter a tradição, pesquisando e recolhendo novos cantares, diversificando os espaços a visitar e fomentando a tradição cultural entre os mais jovens.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...