XVIII Festival de Folclore Internacional “Alto Minho”


Vai realizar-se, de 25 a 31 de Agosto, o XVIII Festival de Folclore Internacional “Alto Minho”, numa organização da VianaFestas e da AGFAM – Associação de Grupos Folclóricos do Alto Minho.
A presente edição vai contar com a participação de grupos folclóricos da Eslováquia, Espanha, Indonésia, Itália, Turquia e Uruguai, sendo de destacar a organização e colaboração ativa e fundamental de sete grupos folclóricos do concelho de Viana do Castelo.

Quanto ao programa, na 3ª feira, dia 26, terá lugar, pelas 22 horas, a cerimónia de abertura, na Praça da República de Viana do Castelo, intitulada “Viana recebe o Mundo na Praça da República”.
Na 4ª feira, dia 27 e no sábado dia 30 serão apresentadas, pelas 22 horas, no Centro Cultural de Viana do Castelo dois espetáculos de gala, com a participação dos grupos presentes, salientando-se este a peça “Coração Independente”, de Joana Vasconcelos, enquanto elementos constituinte do cenário do festival.

Na 5ª feira, dia 28 e na 6ª feira, dia 29, serão apresentadas duas galas espetáculo, na Vila de Darque (terrenos da Quinta de Santoínho) e na Vila de Barroselas, respetivamente. O Festival encerrará na noite do dia 31 com um convívio na Quinta de Santoínho.
De destacar, ainda, pelas 10 horas de sábado, dia 30, a celebração ecuménica, na Igreja de São Domingos, em Viana do Castelo, com todos os grupos presentes, num encontro de vários credos religiosos.

Grupos participantes: Folklore Ensemble NADSENCI (Eslováquia) | Grupo Folclórico “VALDEMEDEL” de Ribera de Fresno (Espanha) | Studio 8 Faculty of Publc Health Disponegoro University (Indonésia) | Grupo Folclórico “SU ENAU” Villanovaforru (Itália) | Cansu Gençlik Ve Spor Kulubu (Turquia) | Ballet Folklórico Nacional de Uruguai (Uruguai)

X Encontro de Folclore de Machico

O Grupo de Folclore de Machico irá realizar no próximo dia 31 de Agosto, Domingo, pelas 18h30, no Largo da Praça, o X Encontro de Folclore de Machico, como tem acontecido anteriormente, de dois em dois anos. O espetáculo contará com a presença dos grupos de folclore de Machico, da Galiza (Espanha), da Ilha da Terceira (Açores) e de Santa Maria da Feira (Portugal continental).

Este encontro realiza-se no dia da Festa do Senhor (Santíssimo Sacramento) na paróquia de Nossa Senhora da Conceição, Machico, que como em toda a ilha tem o tapete de flores como ponto alto, para receber a passagem da procissão e dos grupos participantes no encontro de folclore.
No Sábado, com os Fachos ou fogueiras que se acendem ao longo das encostas, tradição única e ainda hoje vivida, o vale abrilhanta-se com as mais variadas formas.

O Grupo de Folclore de Machico comemora no próximo mês de Outubro 32 anos de existência e conta com um rico palmarés em Actuações, das quais se destacam: Festivais regionais de folclore, Programas televisivos, Festas populares, Festas do turismo, digressão pelo norte e centro do país, Semana da Madeira em Lisboa, Festas de São João do Porto, Vários festivais nacionais e internacionais de Folclore, Intercâmbios com grupos do continente português e dos Açores e digressões a Canárias, Espanha, França, Bélgica, Alemanha e Itália.
Para comemorar os 25 anos, editou um CD-áudio intitulado “Bailinho de Machico” e o livro Grupo de Folclore de Machico, Retrospectiva dos 25 anos (1982-2007)”

Este encontro de folclore é apoiado pela Câmara Municipal de Machico, Junta de Freguesia de Machico, Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais e Casa do Povo de Machico, e conta com a colaboração dos grupos de folclore do Porto Santo, Ponta do Sol e Boa Nova.

Feira das Tradições e Sabores 2014 - Vila Nova de Paiva


O Município de Vila Nova de Paiva vai realizar, no próximo dia 14 de setembro (domingo), na freguesia de Vila Cova à Coelheira, a Feira das Tradições e Sabores, que consiste numa feira de artesanato e de produtos gastronómicos da região, no qual está integrado o  XXXI Festival de Folclore de Vila Cova à Coelheira.

A organização desta iniciativa pretende  que o artesanato seja nas áreas mais tradicionais possíveis como: cestaria, madeiras, ferro, tapeçaria, trabalhos em pedra, tecelagem, burel, lãs, linhos, entre outros.
Haverá ainda a degustação de alguns produtos, confeção de bôlas em forno de lenha e a exposição o Ciclo do Pão. 

Pelas 18h30 será a atuação de Mónica Sintra.
As inscrições estão abertas para os expositores que pretendam participar na feira, até as 17h de dia 06 de setembro (sábado). 

Para mais informações, deve contatar o Posto de Turismo pelo 232 609 900, de 3.ª a sábado das 10h às 12h30 e das 14h às 17h, ou via e-mail para turismo@cm-vnpaiva.pt .
REGULAMENTO

Feira das Tradições e Sabores
1.- A  Feira das Tradições e Sabores é uma organização da Câmara Municipal.
2.- Podem inscrever-se nesta feira a título individual ou em representação de Câmaras Municipais, Juntas de Freguesia, Entidades Regionais de Turismo ou outras Instituições desde que apresentem produto regionais.
3.- A Feira decorrerá no dia 14 de setembro (domingo) de 2014, no Largo da Feira em Vila Cova á Coelheira.
4.- A abertura da feira será às 10h30 e o encerramento será pelas 19h30.
5.- As bancas deverão estar prontas até às 10h do dia 14 de setembro de 2014.
6.- A ocupação da banca será facultada mediante inscrição formalizada através de boletim próprio e entregues pessoalmente no Posto de Turismo / Loja TERRAS ou através de endereço postal (Praça D. Afonso Henriques, n.º 1 – 3650 – 207 Vila Nova de Paiva) até ao dia 6 de setembro de 2014.
7.- As inscrições são limitadas.
8.-  O produtor não poderá ceder a ocupação do espaço sem prévia autorização da Organização.
9.- Os produtores e todos os outros utilizadores da feira deverão retirar as suas viaturas do interior do recinto, impreterivelmente, até às 9h30 e após o encerramento volta a ser permitida a entrada das viaturas.

FOLKFARO - Folclore Internacional Cidade de Faro


FOLKFARO REGRESSA COM AS MÚSICAS E DANÇAS DO MUNDO!
O maior festival de folclore do Sul arranca dia 16 de Agosto no Teatro das Figuras!

Está de volta o maior festival de folclore do Sul de Portugal. De 16 a 24 de Agosto, a capital algarvia receberá, uma vez mais, a grande festa das músicas e danças do mundo – o FOLKFARO.

É já a 12ª edição anual do certame, uma organização do Grupo Folclórico de Faro, com o apoio principal da Câmara Municipal de Faro. Estarão representadas as tradições populares de povos de diferentes latitudes, através de grupos de sete países. Mais de trezentos participantes, entre bailadores e músicos, irão mostrar a riqueza das danças, cantares e trajes das suas regiões.

Ponto de Encontro de Povos e Culturas” é o mote da edição deste ano, que tem previstas delegações vindas de: Canadá, Equador, Eslováquia, França, Indonésia, Moldávia, e grupos de várias regiões de Portugal.

A Gala de Abertura no Teatro das Figuras, na noite de 16 de Agosto (sábado, às 21.30h), com todos os países participantes, marcará o arranque de nove intensos dias, repletos de espetáculos e inúmeras atividades, naquele que é um dos acontecimentos mais aguardados no verão cultural de Faro.

Depois da Gala, sucedem-se os espectáculos diários no Palco do Passeio da Doca, onde se prevê a afluência de milhares de pessoas, à imagem do que tem acontecido nos anos anteriores. O FolkFaro é o único evento de carácter anual que, durante mais de uma semana, devolve vida e animação à baixa da capital algarvia. O FolkFaro apresenta ainda diversos espetáculos nas freguesias de Faro e nos concelhos de S. Brás de Alportel, Loulé, Tavira, Castro Marim e Silves.

Em cada uma dessas noites, atuarão não só os grupos estrangeiros, como também diversas participações especiais: Sandra Cristo & Filipe Neves, Clube de Danças João de Deus, Noite de Fado, Cante Andarilho, Companhia de Dança do Algarve e Trovas Campestres.

As tradições portuguesas estarão representadas por prestigiados grupos folclóricos de diversas regiões: Rancho Regional de Argoncilhe (Douro Litoral), Rancho Folclórico “Os Camponeses” de Santana do Mato (Ribatejo), Grupo de Folclore do Melriçal (Beira Litoral), Grupo Etnográfico de Danças e Cantares do Minho e o anfitrião Grupo Folclórico de Faro – adulto e infantil (Algarve).

As animações de rua, os ateliers de dança, os desfiles, os espectáculos nas freguesias e concelhos vizinhos, os programas especiais para crianças, idosos e reclusos e a celebração ecuménica constituem também motivos de interesse deste festival, o único do sul de Portugal com a certificação internacional do CIOFF ®, organismo com ligações à UNESCO.

Associação Cultural de Paredes de Coura: trinta e oito anos a divulgar os usos e costumes das gentes courenses


Desde a sua fundação em 1976, Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Paredes de Coura (ACRDPC) tem oferecido à comunidade courense e também à região alto-minhota um leque de atividades e serviços, onde apenas espera como recompensa o reconhecimento do seu trabalho, e a valorização da sua obra social, cultural e desportiva. Esta coletividade não quer separar-se do meio que a envolve, o Alto Minho Interior, sendo assim há uma contínua procura desde a sua fundação até aos dias de hoje, de tudo o que é típico desta região.

É dentro do espírito de cooperação mútua que a Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Paredes de Coura (ACRDPC) tem exercido as suas funções. Durante os seus 38 anos de vida, esta instituição de cariz cultural e social tem vindo também a praticar a mutualidade de serviços.

Actividades em Agosto: Feiras, Festas, Romarias, Festivais de Folclore e outras


Entrámos no mês de Agosto, e o Portal do Folclore Português continua a divulgar inúmeras informações – que diariamente chegam ao nosso conhecimento - sobre diversos temas.

A exemplo de meses anteriores, vamos tentar sistematizar, de forma simples, e para que todos possam aceder aos assuntos que mais lhes interessam, esses mesmos temas:

1.- Festas e Romarias

As Festas e Romarias são um traço típico da cultura popular e tradicional do nosso povo. Estas manifestações, extremamente numerosas e variadas, acontecem um pouco por todo o país, e fazem parte das tradições e memórias de um povo que luta para manter actual a cultura secular que lhe confere uma identidade muito própria.  

As Romarias são festas em honra de um santo patrono, que incluem simultaneamente duas dimensões que, mais do que se oporem, se complementam: a dimensão religiosa, com os seus aspectos mais característicos: o cumprimento das promessas individuais ao santo, a missa com o sermão solene e a procissão, e a dimensão profana, para a qual contribuem a feira (de gado e não só), com as características barracas de venda de artigos variados, de “comes e bebes”, assim como as diversões, a música e os bailaricos.

2.- Feiras

Anualmente, todos os meses ou com outra periodicidade, realizam-se, de Norte a Sul de Portugal Continental e nas Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, inúmeras Feiras e outras iniciativas dedicadas a temas diversificados, com destaque para o Artesanato, a Gastronomia – onde se incluem os Festivais ou Semanas Gastronómicas, etc -, os Produtos Regionais e Locais (Fumeiro e Enchidos, Doçaria, Vinhos, Azeite, Mel, Cerejas, Castanhas, etc.), sem esquecer as Feiras Medievais ou as Feiras Históricas

Algumas das Feiras que se realizam no mês de Agosto.

3.- Festivais de Folclore

Os Festivais de Folclore, independentemente da designação formal que possam assumir (Encontros, Mostras, Galas, Certames, Festas, etc.), são, essencialmente, manifestações públicas de arte tradicional popular, onde os Grupos participantes têm oportunidade de mostrar a todos os presentes as danças, cantares e instrumentos musicais, os trajes e adereços, assim como os usos, costumes e tradições características das respectivas regiões.

Conheça alguns dos Festivais de Folclore, que se vão realizar neste mês de Agosto.

4.- Informe-se sobre algumas Datas comemorativas e Efemérides em Agosto.

5.- Conheça alguns Provérbios sobre o mês de Agosto.

6.- Saiba o que recomenda o Calendário Agrícola sobre o que pode ou deve fazer neste mês de Agosto, na horta, no pomar, no campo, no jardim, na vinha, na adega, com os animais...

7.- Feriados Municipais

Actualmente, Portugal é constituído por 308 concelhos. Cada sede de concelho, seja vila ou cidade, celebra, anualmente, uma festa, normalmente relacionada com uma data ou facto da respectiva história: é o Feriado Municipal.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...